terça-feira, 2 de setembro de 2008

7 comentários:

pinguim disse...

Onde estás tu?
Não interessa se mais em baixo ou mais em cima; apenas interessa se estás a subir ou a descer...
Abraço.

Catatau disse...

Desci estas escadas na semana a seguir à Páscoa. Também tirei várias fotos "artísticas", rsrsrsrs, mas também reflecti em dois mil anos de Igreja, em dois mil anos de arte, em dois mil anos de riqueza e em dois mil anos de medos, crimes, tortura e e indignidade do Homem.

Tongzhi disse...

Esta escada é famosa.
A perspectiva da foto está esplêndida.
É sempre preferível a subir, mesmo que haja ainda uns quantos degraus pela frente...

com senso disse...

A vida é uma espiral de que só conhecemos o início.
Não sei até hoje é se vou subindo ou se vou descendo por ela. O certo é que a foto é belíssima e em si mesma uma excelente metáfora!

Special K disse...

Uma escada lindíssima. Engraçado que há uma parte que, pela perspectiva da foto, mais parece uma rampa do que uma escada.
Um abraço

sp disse...

As escadas não têm degraus quando seguramos a mão que pode ter asas...

Um abraço.

Socrates daSilva disse...

Pinguim,
Na fotografia todos estão a descer.
:-)
Eu? Mistério…
Abraço.


Catatau,
Escadas famosas! E um bom local para essas reflexões, sem duvida.
Abraço


Tongzhi,
É realmente bonita a escada e a fotografia. Mérito à sua autora!
Boa aplicação da imagem…
Abraço


Com senso,
Por vezes uma imagem agarra-nos magneticamente e no inicio nem sabemos porquê. Foi o que aconteceu com esta fotografia. Depois quantas metáforas surgem. Giro estas coisas…
Abraço


Special k,
Também notei isso. É bonita essa particularidade, não é?
Abraço


Sp,
Ui! Que lindo… E que razão deves ter!
Abraço