terça-feira, 19 de maio de 2009

Arrumador

Ando com a neura de arrumar.

Não é arrumar aquilo que se arruma quotidianamente para a rotina da vida ter um senso de suavidade e uma cadência sem sobressaltos. Não, isso não sendo propriamente o meu forte, faço-o bem e mecanicamente.


Ando a arrumar papeis, gavetas, fotos, contas, recordações, bilhetes, colecções e tudo o que me vem à neura.

Como se tivesse que saber que todo o pequeno detalhe sobre a minha vida está controlado. Como que queira ter a certeza que, se eu daqui a uma hora desaparecer, quem mexer nas minhas coisas saiba o lugar de tudo. Como que queira tocar nos farrapos que testemunham o que fiz com a minha vida nos últimos anos.



 

 

14 comentários:

Tongzhi disse...

Ser "arrumadinho" é bom. Quem me dera ter uma vontade dessas!!!! Contudo, em demasia chateia, sobretudo, o próprio. Espero que seja produtiva, a arrumação, mas breve...
Abraço

F3lixP disse...

Preciso de fazer o mesmo, ou melhor, mando a morada por email?
;)

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Às vezes também faço isso, até porque postais, objectos, whatever... acabam por se misturar e fica tudo uma desordem...

Mas outras vezes, tenho as coisas arrumadas, e quando vou à procura de algo encontro uma carta, um postal, uma lembrança, uma foto, seja o que for... e isso leva-me a outros e outros e outros pedaços de memória e o que estava arrumado fica desarrumado. Ao contrário de ti, portanto ;)

Abraço

free_soul disse...

Arrumar é do melhor...e às vezes tem mesmo de ser...mesmo que a arrumações devessem também ser outras dentro de nós...começar por assumar esses testemunhos é optimo...acho que um dia destes também arrumo umas coisitas!
Um beijo

Luís Galego disse...

não é que o blog tambem foi uma forma de arrumarmos um pouco das nossas vidas? um abraço

pinguim disse...

O Luís tem alguma razão, como sempre, aliás...
Mas isso é bom, diria mesmo - fundamental.
Abraço grande.

Paula disse...

Eu também ando com a neura de arrumar, mas infelizmente não são os tarecos (a minha casa agradeceria)... Ando com neura de arrumar a minha vidinha e todos os assuntos pendentes... Um dia destes fiz um balanço, e a demonstração de resultados está uma desgraça!

com senso disse...

As arrumações têm muitas vezes um efeito terapeutico.
E são sempre saudáveis...
Cuidar das coisas é importante, mas cuidar de si mesmo é mais importante ainda...
Cuida bem de ti, caro amigo!
Um abraço forte!

Violeta disse...

eu ando com vontade de contemplar.
cuida de ti!

Socrates daSilva disse...

Tongzhi,
Como em tudo na vida, creio que também em relação a arrumações, é “no meio que está a virtude”.
:-)

Abraço!


F3lixP,
Hehe…
Olha, como não sei se um dia ainda vou andar a ganhar a vida a fazer arrumações, é um contacto a guardar.


Daniel,
Pois é! As pessoas realmente são diferentes em muitas coisas…


Free_soul,
Sinceramente, apesar de procrastinar as arrumações, acabo por gostar imenso de as fazer.
Bjs


Luis,
Ora, que verdade tão bem metida aqui nos comentários…
Abraço!


Pinguim,
Verdade, verdadinha… Por mais que a ignoremos, uma desorganização acaba por dar cabo de nós.
Abraço!


Paula,
Olha que já somos dois! Por vezes os tarecos são mesmo e apenas uma metáfora.
;-)


Com senso,
Quando equilibradas, são fundamentais. E podem ser um começo, se bem feitas…
Bem hajas! Abraço!


Violeta,
Bem hajas… Contemplar é bom, muito bom!
Bjs

No Limite do Oceano disse...

Por vezes temos mesmo que perder algum tempo para se fazer algumas arrumações, sejam lá que tipo forem...mas essa perca acaba sempre foi ser recompensada.

Abraço,
Carlos

Socrates daSilva disse...

Carlos,
Tens razão...
Faz pouco escutei um provérbio que na essência dizia que certas coisas são como árvores de crescimento lento e doloroso mas que depois dão frutos doces.
(Ou mais ou menos assim...)

Abraço!

GRITOMUDO disse...

sempre q arrumo a casa das ideias, dos valores, dos sentimentos, digo para mim mesmo...
um dia a casa vem abaixo.
felizmente ainda não caiu.
mas lá que fica tudo arrumado fica.
no fim também me sinto mais velho e com vontade de desarrumar TUDO.

GRITOMUDO

Socrates daSilva disse...

Gritomudo,

Não és o único, não és o único...

Abraço!