sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Por detrás de um muro existe generosidade



O blogue Por detrás do muro atribuiu - com o espírito de partilha e incentivo que também caracteriza a parte positiva da blogosfera - ao meu Castelo d'Areia o selo que ostento acima. É graciosa a intenção de mostrar graficamente que a leitura de alguns blogues é tão viciante que, por vezes, até custa largar o computador para ir comer.

Uma palavra de agradecimento ao André Couto pela generosa lembrança que teve ao incluir-me, no seu ponto de vista, nesse patamar. Agradeço e, mesmo parecendo falta de modéstia, sinto-me contente pelo facto.


6 comentários:

Tongzhi disse...

Sentes-te contente e sentes muito bem!!!
Parabéns pelo selo!!!

continuando assim... disse...

parabéns!!

embora eu nunca tenha percebido muito bem isto dos selos e dos trémios ... mas parabéns na mesma :)

bom fim de semana
teresa

pinguim disse...

Acho que é perfeitamente natural que te sintas satisfeito com o prémio.
Infelizmente estes galardões perderam alguma da sua verdade, a partir do momento que certos blogs os banalizaram, sabe-se lá com que objectivos: tipo "está aqui um prémio no meu blog, vem cá buscá-lo, põe-o no teu blog e diz que fui eu que o dei"...Enfim...
Abraço.

André Couto disse...

Por detrás do meu muro existe apenas reconhecimento, quer pela inegável qualidade de conteúdo do teu blogue, quer pela elevada qualidade humana de quem o escreve.
Abraço!

TUSB disse...

Parabens pelo prémio mais que merecido :D
Abraço

Vasco Matos disse...

Além de achar que o prémio é mais que merecido, vou quebrar uma regra que a mim mesmo me impus e que é a de não comentar desde que encerrei os comentários no meu blogue: Não creio que a maioria dos prémios sejam atribuídos com segundas intenções. E, de resto, se o forem, cabe a cada um de nós extrair as leituras que quiser. Há, claro, fenómenos, de projecção, cultos de exclusividade, pretensões megalómanas decalcadas para o pequeno e quase anónimo mundo da blogosfera. Frui o momento e continua a privilegiar-nos, tal como diz o André Couto, com a tua "elevada qualidade humana". Bem hajas!