terça-feira, 6 de janeiro de 2009

I have a dream (oito vezes)




Gritomudo
e Carpediem desafiaram-me, com alguns dias de intervalo, a colocar por escrito, aqui no blogue, oito sonhos que desejava que se realizassem no decurso de 2009.

Aqui estão.
Podiam ser mais, podiam ser outros, talvez alguns até pudessem ser mais pessoais. Mas, ficam estes, que são os que me ocorreram, e, que são genuínos na intensidade com que desejo a sua concretização.



Benfica
Claro que o meu sonho era que este ano fosse o campeão. Mas, como o meu sonho tem “os pés colocados em terra firme”, desejo que neste ano, pelo menos, consolide-se o projecto de criar uma equipe que jogue bem, que se entrose e faça regressar boas exibições e bons resultados com regularidade. Assim, ficava com mais vontade de concretizar o meu sonho, sucessivamente adiado, de ir assistir a um jogo na “Catedral”.


Religião
Que os sentimentos religiosos deixem de ser, para alguns, pretextos de ódio, preconceito, manipulação e atraso. Que as pessoas crentes aprendam a alegria da fé conjugada com a da tolerância. Que entendam, sem margem de duvida, que a tolerância não é sinal de fraqueza ou de se permitir “coisas pecaminosas”. A tolerância é sinal de personalidade forte e de uma convicção superior. A tolerância é aceitar que se têm fé num Deus que permite o livre arbítrio e as escolhas responsáveis de todos os seus filhos. A tolerância é crer que, quando Deus tem que corrigir ou julgar alguém, o faz em privado, pelos seus insondáveis e superiores meios.


Crise
Em Portugal. Que os casos de pessoas ou famílias em real crise, e que muitas vezes são as que menos se queixam publicamente, sejam resolvidos ou pelo menos tenham o apoio necessário. Que também todos aqueles que tenham que temporariamente passar com um pouco menos o saibam fazer com dignidade e esperança. Que o verdadeiro espírito de solidariedade e entreajuda exista todo o ano e, principalmente, para com aqueles que estão perto de nós. Que o estado não desperdice recursos em coisas supérfluas e demagógicas.
No Mundo. Que, por exemplo, não veja morrer pessoas de cólera só porque no seu pais não existe saneamento básico.


Educação
Que a escola pública seja um local em que professores e alunos encontrem sentido e satisfação. Não me interessa as minuciosidades técnicas, interessa-me que seja desenvolvidas as bases para promover o espírito de uma boa educação para todos. Sem cidadãos bem educados e bem formados não se pode semear a esperança e o futuro. Que os pais entendam que a educação dos seus petizes começa em casa. Que não a podem, nem a devem, delegar exclusivamente à escola, e que não existe substituto para o tempo e atenção que devem dar aos seus filhos.


Amizade
Que os amigos continuem a ser das melhores coisas do mundo. Que todas as sementes de amizade que tenho encontrado se consolidem (porque as prezo tanto!). Que eu sempre saiba estar à altura da responsabilidade que envolve dizer a alguém que sou seu amigo. Que nunca desiluda a alguém por falta de carácter ou incoerência. Que mesmo na minha limitada situação, saiba revelar apoio e lealdade. Que os meus amigos sempre encontrem em mim o à-vontade para escutar deles os elogios e, quando necessário, as palavras correctivas.


Futuro
Que saiba ter a sabedoria para continuar a entender o meu lugar no mundo. Que saiba encontrar esperança nos caminhos que trilho. Que saiba ter habilidade para respeitar os que me rodeiam e não são culpados de encontrar-me a descobrir sobre quem realmente sou. Que saiba desatar os nós com que a vida me rodeou sem penhorar quem eu sou, na plenitude dos meus princípios e valores.


Saúde
Sem saúde nada vale a pena. Saúde para mim, mesmo que por enquanto ela ainda seja razoável. Para os que me rodeiam e para os meus amigos. Muito ânimo e força para os que estão a enfrentar situações em que lidam com a falta de saúde de seus entes queridos.


Voluntariado
Desejo que cada vez mais pessoas encontrem tempo e gosto para apoiarem de uma maneira bonita o seu semelhante. Desejo que seja um ano excelente para aqueles que, muitas vezes de uma maneira pouco visível, abdicam uma moderada parcela do seu tempo e de sua comodidade para se envolverem em projectos de apoio em hospitais, em casas de repouso de idosos, no trabalho com jovens carenciados, nas ruas com os sem abrigo ou numa associação de protecção de animais, entre outras causas. Que continuem a sentir a pura alegria de dar sem esperar recompensa monetária ou louvor público. Que se sintam imensamente retribuídos ao olharem nos olhos de quem tentam aliviar de algumas das mazelas deste mundo.



Cabe-me agora indicar oito blogues a quem passo esta tarefa. Bem num espírito de sã e divertida convivência bloguistica aqui ficam as indicações, na condição de que se divirtam ao fazê-lo, se tiverem paciência e tempo para tal. Procurei lembrar-me de alguns dos que ainda não tinham respondido a este desafio. Desculpem se repetir alguma nomeação já feita por outro companheiro(a). Se não estiverem para continuar a corrente, não se preocupem que não levo a mal. Pelo menos ficam a saber que me lembrei de vocês…


Arion
Maurice
Graphic_Diary
Por detrás do muro
André Benjamim
Ophiuchus
No Limite do Oceano
Manuel Serrano
Jorge Ferro Rosa
In senso
Kapitão Kaus
Mikael

(Espero que ninguém repare que indiquei 12! Alguma regra tinha que ser quebrada…)


P.S.
Devido a uma época conturbada que recentemente passei e ao esquecimento, admito, não respondi a um
excelente desafio que há alguns meses o Pinguim me colocou. Primeiro, as minhas desculpas pela indelicadeza. Depois a promessa que o próximo post vai tentar remediar essa minha falta.
Pinguim, junto com as minhas desculpas e aproveito para desejar que ultrapasses essa fase tão triste que estás a passar
.


11 comentários:

pinguim disse...

Esta corrente propagou-se imenso devido a ter surgido na época própria; mas, das mais variadas versões que li, esta é a mais completa, pois não se limita a enumerar os sonhos, mas sim a integrá-los em categorias mais abrangentes.
Era muito bom que todos ou quase todos pudessem concretizar-se...
No que me diz respeito, acredita que já não me recordo para que te desafiei; eu não fico a reparar se as pessoas aceitam ou não...
Abraço grande e apertado.

Arion disse...

Moço, tu não me leves a mal, mas não vou embarcar nesse ferry... Agradeço, obviamente, a tua lembrança! Abração!

André Benjamim disse...

respondo hoje, ou amanhã. já era para ter respondido, mas andei a formatar o pc, e não havia maneira de meter a net a funcionar. abraço.

Socrates daSilva disse...

Pinguim,
São sonhos, desejos ou vontades. São eles que comandam a vida não dizia o Gideão?

Em relação ao desafio por mim esquecido, sei que não levas a mal. Mas quero fazê-lo mesmo.
Grande abraço!


Arion,
Se tu me conhecesses sabias que não levo mesmo a mal, mas que quero mesmo enfatizar isso… a lembrança!

Abração!


André Benjamim,
Estou curioso…

Melhoras para o PC!
Abraço!

André Benjamim disse...

como poderás constatar AQUI, já respondi ao teu desafio!

No Limite do Oceano disse...

:-S esse tipo de correntes muitas vezes acabam em mim. Estamos no dia 7 e hoje não é o dia. Como tu eu vou quebrar algumas das regras, afinal elas existem para alguma coisa. Vamos lá ver o que é que consigo arranjar, porque 8 sonhos, são 8 sonhos!!!

*Hugs n' smiles*
Carlos

Socrates daSilva disse...

André Benjamim,
Já dei uma rápida vista de olhos. Não brincas em serviço!

Voltarei em breve para ler com mais calma…
:-)
Um abraço!


Carlos,
Faz se quiseres, quando quiseres e como quiseres.
O importante é mesmo que se sonhe e desfrute do que se faz!

Abraço!

No Limite do Oceano disse...

Já deu asas a 8 desejos para 2009. fui uma ovelha negra como poderás ler, mas uma coisa senti, desfrutei enquanto escrevi o texto :- )

*Hugs n' smiles*
Carlos

Manuel Braga Serrano disse...

Caro Sócrates, agradeço-te a lembrança, mas vou quebrar a cadeia (ainda bem que foram 12 os nomeados...)
Neste momento atacado por catástrofes por todo o lado, sobretudo as profissionais e as que implicam danos na saúde, embora parecesse que fosse um bom contexto para sonhar, não estou motivado para me escaupelizar a fundo, o que importaria fazer para responder ao teu desafio.

Abraço

Kapitão Kaus disse...

Caro Amigo,
Agradeço o convite.
Tentarei corresponder ao desafio.
Abraço:)

Socrates daSilva disse...

Carlos,
Já lá vou dar uma vista de olhos. Mas, não me parece que isso de ovelha negra se aplique.
:-)
Abraço!


Manuel Serrano,
O importante é mesmo a lembrança, pois bem sei que dar ou não seguimento a estas correntes é uma questão menor.
Lamento é estares a passar um momento mais difícil na tua vida. Vai assim o meu desejo adicional de melhoras e que em breve tenhas boas noticias.
Abraço!


Kapitão Kaus,
Nada de agradecer. É um prazer.
Já lá vou dar uma vista de olhos…
Abraço!