segunda-feira, 13 de julho de 2009

Por onde começar

“Quando eu era jovem, queria mudar o mundo. Tentei, mas o mundo não mudou. Tentei mudar a minha cidade, mas a cidade não mudou. Tentei mudar a minha família, mas a minha família não mudou. Então, eu soube: primeiro, eu deveria mudar a mim mesmo.”

(Lido aqui)

1 comentário:

pinguim disse...

Só parcialmente estou de acordo...
É uma questão de equilíbrio.
Abraço.