segunda-feira, 3 de março de 2008

Sinto (cada vez mais) a tua falta

Tu não sabes…
A saudade que se tem de quem nunca acordou ao nosso lado.
A falta que se sente de quem nunca nos pegou na mão.
O prazer que dá sonhar com o que não aconteceu na realidade.

Tu não imaginas…
Como um sorriso teu me podia derrubar,
Como um teu abraço podia ter mais calor que o sol,
Como a tua voz podia ser a música da minha vida.

Ah!
Não sei se era realidade ou se são os meus desejos.

Realidade…
Real é a saudade, a falta e o sonho.


(Permitam-me incluir neste desabafo as palavras de
Bernardo Soares:
"Ah, não há saudades mais dolorosas do que as das coisas que nunca foram!")

7 comentários:

pinguim disse...

Acho que entendes bem se eu te disser que te entendo muito bem...
A frase de Bernardo Soares faz todo o sentido.
Abraço.

Hydrargirum disse...

Essa última frase...faz-me lembrar algo que tantas vezes ouvi...e que tanto concordo com....

-What I miss the most?...The things that might have been...

As tuas palavras são Tão Fortes!!!!

Abraço:)

PS- Agradeço-te tb a visita e o comment:)

Special K disse...

Fizeste-me lembrar quando eu era miudo e sofri em silêncio uma paixão secreta por um colega. Nunca tive coragem de me aproximar, o mais certo era levar uma carga de porrada e passar o resto do ano a ouvir insultos.
Um abraço.

sp disse...

A realidade muitas vezes é um castelo d'areia. Gostei...

socrates dasilva disse...

pinguim,
entendo, ai não entendo...
abraço

hydrargirum,
Obrigado pela tua empatia. Em relação ao teu blogue, já há algum tempo que sou cliente. Só agora tive "coragem" para um comentário.
abraço

special k,
Essas paixões... Tenhos algumas tambem para contar... um dia! obrigado por estares ai, abraço

sp,
a ideia é o que se pode arranjar. obrigado pela tua visita. Já vi o teu blogue. 5 estrelas.
abraço

Hydrargirum disse...

Mas Sócrates...se já és "habitué"...pq não teres deixado marca há mais tempo...

Não me digas que intimido?...Eu sou tão Hydra-simpático....ou não transpareço pelas palavras?...:/

Abraço:)

socrates dasilva disse...

hydrargirum,
o que se passava é os teus posts eram tão perfeitinhos e divertidos que eu pensava: "mas, o que posso dizer? Já tá tudo lá!" Não era intimidação, mas deslumbração(A sério...). Naquele post tive uma inspiração. mas, prontos, já não vou fazer figura de venus de milo sem braços para escrever. Agora "cada melro, cada tiro".
abraço ;-)