sexta-feira, 7 de agosto de 2009

E se o Dr. House fosse feito nos Açores?

8 comentários:

pinguim disse...

"cheio de catinga nas partes nojentas", maravilhosa tradução dos vulgares "chatos"; agora já sei como chamar a alguns chatos que por aí vegetam...
Abração.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

lool eu que sou um seguidor do Dr. House espero nao ficar influenciado por esta "versão" ;)

Sunshine disse...

Já conhecia, o que não é de admirar pois sou micaelense.
Gosto muito do 1º que fizeram relativamente à Guerra das Estrelas e do que parodia Brokeback Moutain (aí com pronúncia da Terceira, claro está).
beijinhos com raios de sol

Violeta disse...

já me fartei de rir.
obrigada e bom domingo.
bjs

Tongzhi disse...

Está demais!!!
Esta pronúncia...
eh eh eh

No Limite do Oceano disse...

lol além de gostar da série, e do gostar de sotaques e tendo estado na ilha que fica ali ao lado acho que prefiro o House dos States, porque o original é sempre o melhor.

Abraço,
Carlos

TUSB disse...

isto faz me lembrar a bicha do demónio, "Ataca Fanny!!! Mostra-lhes, xssss xsss"

Socrates daSilva disse...

Pinguim,
Todo o vídeo está cheio de expressões fantásticas que são usadas em São Miguel. É mesmo uma delicia!
Abraço


Daniel,
É uma série que também aprecio. Acho que esta "versão" só lhe faz bem.
:-)


Sunshine,
Só recentemente conheci este grupo e têm outros trabalhos, que mencionas, fantásticos. Obrigado pela visita. Ainda mais de uma micaelense (gente boa...)
Bjs


Violeta,
E rir é tão bom...
Bjs


Tongzhi,
A pronúncia é o que faz a diferença!
Abraço


Carlos,
Santa Maria? Tenho pena de ainda não a conhecer. Está na lista...
Abraço!


TUSB,
Bem lembrado! Existem "dobragens" muito divertidas.
Abraço!