segunda-feira, 21 de abril de 2008

O selo



Sócrates queria um selo com a sua fotografia para deixar para a posteridade a memoria do seu mandato no Governo deste país. Os selos são criados, impressos e vendidos. O nosso Primeiro fica radiante! Mas em poucos dias ele fica furioso quando ouve reclamações de que o selo não adere aos envelopes.

O Primeiro-ministro convoca os responsáveis e ordena que investiguem o assunto. Eles pesquisam as agências dos Correios de todo o país e relatam o problema.

O relatório diz:
"Não há nada de errado com a qualidade dos selos. O problema é que o povo está a cuspir no lado errado."


8 comentários:

Mikael disse...

Hahaha :)
Tem a sua lógica :P

The Unfurry Swear Bear disse...

se calhar não são as pessoas que cuspem para o lado errado, foi o marketing que devia ter posto a cola no lado certo heh

The Unfurry Swear Bear disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
socrates dasilva disse...

mikael,
tusb,
Recebi esta por e-mail e como andava a ver se isto arrebita de animo, pensei: "Vai uma piada facil". Sim, porque nestes dias é facil dizer piadas sobre o PM...
Mas, tendo ele um nome tão significativo para mim, há que rir com respeitinho!
:-)))
Abraço aos 2

comecardenovo disse...

o povo é demais...

Catatau disse...

Acho que aquilo não colaria nem com ranho.
Talvez o selo seja mais sensível a lambidelas de género. ;)

sp disse...

:)

socrates dasilva disse...

comecardenovo,
Viva o povo! (mas muita gente junta não se salva...)
Bjs

catatau,
que mauzinho! Era só uma questão tecnica, não sentimental
:-)
Abraço

sp,
:-)))
:-O