sexta-feira, 27 de junho de 2008

Apanhado a dormir no trabalho?


8 comentários:

Catatau disse...

Ah ah ah ah ah ah! Tudo perfeitamente plausível, rsrsrsrsrs. ;)

Mas olha que sou a favor da sesta. Até porque está provado que uns vinte minutos/meia hora de cochilo, após o almoço, fazem milagres à produtividade!

Em todo o caso é difícil destronar o nosso campeão nacional do dorme-em-pé-que-não-reparam: o Dr. Mário Soares. :D

Tongzhi disse...

Ainda ontem fiz uma sesta
eh eh eh

Socrates daSilva disse...

Catatau,
Sou um convicto “sesta-praticante”.(Haja oportunidade!) Mas não em pé…
Abraço


Tongzhi,
No trabalho, não?
(Ai, ai que vou dizer á sra. Ministra…)
Abraço

Arion disse...

Eu não vivo sem a minha sesta diária. Mas, de resto, sou alentejano, é genético (saí da de hoje há para aí uma hora). Quanto a deixar-me dormir no trabalho é que já são outros quinhentos... Comiam-me vivo, as criancinhas! Bom fim-de-semana!

Special K disse...

Isto hoje está muito dorminhoco por aqui.
Um abraço sonolento.

The Unfurry Swear Bear disse...

hoje quase que dormi uma soneca na praia, se não fosse o calor sufocante mesmo bem escondido debaixo do chapéu de sol não se podia estar, mas o chapéu e o protector de 30 resultaram na perfeição, nem um bocadinho vermelho :D

pinguim disse...

Vou suster o sorriso causado pelo original post, para registar, com enorme satisfação umas melhoras no teu estado de espírito; e isso é que me faz sorrir, verdadeiramente.
Abraço.

Socrates daSilva disse...

Arion,
Estás mesmo a ver uma grande razão pela qual me sinto alentejano de coração…
Bom fim-de-semana também. Abraço


Special k,
Pudera! Dormir é tãoooo boooom!
Um abra… (adormeci!)


Unfurry,
Tu confia cegamente nos protectores e depois admira-te de acordares a pensares que és uma lagosta! Certa vez, só numa tarde apanhei queimaduras de segundo grau sem me dar conta. Eram tantas bolhas nas costas que parecia a superfície lunar. Protectores… Eu fujo é da praia entre as horas de maior calor.
:-)
Abraço


Pinguim,
És muito perspicaz…
:-)
Obrigado e Abraço