domingo, 20 de julho de 2008

Cohen e o desejo

Já que a minha cabecinha está no Passeio Marítimo de Algés, tenho que falar um pouco do Cohen para me distrair. Sobre o seu novo livro de poemas.



A fonte da informação foi o Mundo Pessoa.


Hallelujah!

8 comentários:

pinguim disse...

Sim, esta noite, Cohen, transbordou de Algés para todo o lado...
Abraço.

Special K disse...

E transbordou mesmo. O concerto abriu com "dance me to the end of love".
Tenho que ver se encontro o livro.
Um abraço.

jasmimdomeuquintal disse...

e valeu muito a pena. Não me esquecerei deste concerto, jamais...
bjs

Tongzhi disse...

Também gostava de ter ido...

Catatau disse...

Se começou com "Dance me to the end of love", começou como eu um dia quereria acabar na vida.

Socrates daSilva disse...

Pinguim,
Até aqui chegou, imagina!
Abraço


Special k,
Que excelente música! Eu escolhi-a para o meu blogue, sem saber isso, mas não me admira. Ainda vi no domingo de manhã, na RTP1 uma pequena reportagem que incluía a abertura do concerto. (ai,ai!)
Abraço


Jasmim,
Depois de um dia de limpeza, que rico fechar de dia! Fico feliz por ti.
Bjs


Tongzhi,
Olha, tinhas mais hipóteses do que eu…
Abraço


Catatau,
Oh! Que dramatismo…
Mas, é realmente uma boa maneira de “dar o badagaio a alguém”. A dançar!
Abraço

The Unfurry Swear Bear disse...

Nada a dizer, só mesmo Cohen...

Socrates daSilva disse...

Unfurry,
Concordo plenamente...
Abraço