quinta-feira, 24 de julho de 2008

Nem é por causa do azeite...

Já há alguns dias que este anúncio me faz paralisar o olhar na televisão. Hoje, literalmente arrepiei-me. E nem é pelo azeite!



14 comentários:

Graphic_Diary disse...

É bonito e tão maravilhosamente nosso.
São imagens que nos dizem muito e bem, porque é a portugalidade nos seus estereótipos. Bravo à equipa de publicitários que o produziu.
Um abraço

Catatau disse...

É a prova como uma boa sequência de imagens, bem servida de um texto quase sussurrado, de frases curtas, imaginativas e assertivas passa uma mensagem de forma excelente.
Tens razão. É sobre azeite, mas podia ser sobre bacalhau, batatas, broa de milho ou sobre a alma portuguesa, a esperança de um povo, um convite ao gozo da vida ou simplesmente um tributo à fraternidade.
É sobre azeite, mas podia ser sobre a saudade do que não se tem. É sobre azeite. Mas podia ser sobre nós.

pinguim disse...

Já o vi na televisão e já comentei algures, na blogosfera...
Está realmente muito feliz este anúncio, aliás como outros a esta marca; muito genuínos, muito portugueses...
Abraço.

The Unfurry Swear Bear disse...

Há coisas muito boas e bonitas a dizer sobre Portugal.... é pena só aparecerem em anuncios, e não haver mais orgulho no dia a dia!

Tongzhi disse...

Também já tinha reparado neste novo anúncio do azeite Galo. É muito bonito tal como a maioria dos outros.
Lembro aquele rodado em Monsaraz no Natal que também me arrepia sempre!

Paulo disse...

também já o tinha encontrado por aí! e gravei-o por ser tão belo. em geral gosto muito dos anúncios da marca, muito bem esgalhados e muito bem conseguido sonoramente: petrificador, quase tenebroso de tão belo.

Special K disse...

Um anúncio com sabor a Portugal.
Um abraço.

Arion disse...

Está bem feito, mas continua tudo a ser tão pobrezinho... :/

Socrates daSilva disse...

Graphic_diary,
Sem dúvida que fizeram um bom trabalho. Ainda mais com alguma publicidade tão pimba que anda por aí, esta distingue-se notavelmente.
Abraço


Catatau,
Podia mesmo “ser sobre nós”. Pelo menos fez-me uma ligação muito forte a partes do nosso país que conheço e gosto. “Lágrimas de saudade…”
Abraço


Pinguim,
Está realmente muito natural e sentimental. Pelo menos para mim.
Abraço


Unfurry,
Existem coisas bonitas e muitas, sem dúvida. Mas, infelizmente, não podemos esquecer as tristes misérias que vemos todos os dias neste “cantinho”. Por vezes o meu orgulho também leva uns abanões…
Abraço


Tongzhi,
Esta marca tem primado por uma filosofia publicitária muito elegante e que se distingue. Essa do Natal está também muito bem. Eu gostei também daquela que falava dos sentidos. “Tirem-me a vista…tirem-me a visão… mas, não me tirem o sabor…”
Abraço


Paulo,
Eu até gosto muito de um bom azeite. No tempero e na confecção de alimentos é um trunfo que faz toda a diferença. Este não é dos piores, não senhor. Se fosse pela campanha publicitária seria o supra-sumo.
Abraço


Special K,
Está tudo dito nessa frase! Mas, acho que o anuncio e o azeite sabem melhor que certas coisas do país real.
:-)
Abraço


Arion,
É essa também a minha tristeza. O anúncio é uma coisa, o nosso Portugal é isso e mais. Mais, que nem sempre daria um anúncio bonito. Mas, olha, por vezes penso naquela frase: “quem chora por não ver o sol, as lágrimas impedirão de ver as estrelas”. Assim, vou olhando para as estrelinhas…
Abraço

Arion disse...

Tu não me tentes... Fizeste-me lembrar uma frase que aprendi com uma mocinha cá minha amiga e que começa "Estrelinhas te guiem..." :D Depois te direi a terminação...

jasmimdomeuquintal disse...

Há imagens assim...

Socrates daSilva disse...

Arion,
Mensagem recebida!
(he, he!)
Abraço

Jasmim,
Pois existem, e ainda bem!
Bjs

Arion disse...

Pronto, agora que te enviei o e-mail já sabes que a frase completa é "Estrelinhas te guiem, caralhinhos te fodam!" Abraços! ;) Vasco Matos

Socrates daSilva disse...

Arion,
Prontos! Lá tinha que aparecer o primeiro palavrão no meu blogue. Agora vou perder o estatuto de blogue limpo e imaculado e...
vou ter um blogue a sério!!!!
:-)))
Abraço!